Brasília – O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, destacou a importância dos 125 anos da Proclamação da República, comemorados em 15 de novembro de 2014. “A OAB entende que a função pública deve ser exercida como missão e devoção.  O Estado deve ser invariavelmente tratado como coisa pública, insuscetível de apropriação privada por pessoas ou grupos. É preciso republicanizar nosso País”, lembrou.

Marcus Vinicius também apontou a necessidade de uma reforma política que, de fato, atenda aos princípios republicanos. “A reforma política democrática, bandeira defendida pela OAB em parceria com a CNBB e outras dezenas de entidades da sociedade civil, possui um importante papel nesse sentido. A República Federativa do Brasil merece uma reestruturação que atenda não ao governo ou à oposição, mas à sociedade”, afirmou o presidente nacional da OAB.

No primeiro semestre de 2014, a OAB Nacional propôs aos então presidenciáveis um conjunto de propostas para o combate à corrupção. O documento foi elaborado com a colaboração da Comissão Especial de Controle Social dos Gastos Públicos, presidida pelo conselheiro federal José Lúcio Glomb, além de contar com sugestões do conselheiro federal Aldemário Araújo Castro.

fonte: www.oab.org.br

Open chat